29/01/2014

[RESENHA] #O MISTÉRIO DE HENRI BLOT



O livro foi escrito pelo Sr. Arcano
Tem o total de 100 páginas.
Nota: ★★★


Sinopse: "Todo homem tem seu próprio gosto. O meu é cadáveres". Em 1889 um homem chamado Henri Blot escandalizou a França ao tentar defender-se em seu julgamento por profanação. Com bastante naturalidade, ele disse que não poderia viver sem alimentar-se de sangue. Foi condenado a dois anos de prisão, depois de ter sido provado que Blot violou túmulos de jovens mulheres, praticando necrofilia e bebendo o sangue das mortas. Na época, o condenado estava com 26 anos e depois de muitos rumores ao seu respeito, sumiu misteriosamente e nunca mais foi visto.





O bar Niger Nocten é o lugar perfeitos para fãs da cultura vampírica. Um lugar misterioso e cheio de segredos que ficaram presos por anos, vários acontecimentos se sucedem neste bar fazendo com que um homem, chegue a este lugar em busca de respostas.

Uma freira que foi cruelmente violentada passa a viver em uma igreja no Chile, mas mesmo estando longe o seu passado vem à tona, fazendo com que um grande segredo seja revelado, dando inicio a um caos iminente que promete destruir a vida de várias pessoas inocentes. Uma maldição está presente na vida da freira, que escreve suas descobertas a fim de mostrar ao mundo que monstros e seres demoníacos existem e que estão a nossa volta mesmo que não seja perceptível a todos. 
Arrepios a parte, o livro se desenrolou em uma trama sinistra cheia de terror.

O livro é bem macabro, quando li algumas cenas senti um calafrio e fiquei arrepiada de medo. A estória é bem marcada por dor e terror que faz o leitor querer entender o que está por vir. Fiquei muito impressionada com o desfecho do livro que me pegou de surpresa, honestamente não esperava o final que foi estabelecido. A maior dúvida que tenho é em relação ao próximo livro que continuará por desenvolver e desencadear seres bizarros e com sede de sangue, que farão de tudo para conseguirem alcançar seus objetivos ocultos.

A capa é bem interessante, e o livro tem um designer muito legal, as folhas são acinzentadas e com as extremidades pretas. O livro não é grande, por isso não demorei muito pra ler a estória. Fiquei curiosa para ler a continuação, apesar de ter achado a trama bem sinistra, eu percebi que é bem interessante, mas pode assustar um pouco. Mas gostei muito do final e quero ler a continuação logo, logo. O que será que o bar Niger Nocten continua a esconder nas suas entranhas?

©
.
.
imagem-logo